O projeto é coordenado pela professora Carmen Teresa Gabriel (UFRJ) em conjunto com pesquisadores inseridos em diferentes grupos de pesquisa que têm o ensino de História como um de seus eixos estruturantes. Conheça um pouco sobre os pesquisadores e os grupos de pesquisa dos quais participam:

Pesquisadores
alessandra-nicodemos
Alessandra Nicodemos

Pesquisadora

Amilcar Pereira - foto para o Lattes 2016-2
Amilcar Pereira

Pesquisador

ana-maria-monteiro
Ana Maria Monteiro

Pesquisadora

carmen
Carmen Teresa Gabriel

Coordenadora

cinthia
Cinthia Monteiro de Araújo

Pesquisadora

enio-serra
Enio Serra

Pesquisador

fernando-penna
Fernando Penna

Pesquisador

giovana-xavier
Giovana Xavier

Pesquisadora

monica-lima-e-souza
Mônica Lima

Pesquisadora

warley-da-costa
Warley da Costa

Pesquisadora

Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino de História (LEPEH)

Laboratório  de Estudos e Pesquisas em Ensino de História/LEPEH constitui-se em um espaço intra e interinstitucional de ações voltadas para a  área do Ensino de História. Registrado no Diretório de Grupos de Pesquisas do CNPQ, tendo como líder  a professora Dra. Ana Maria Monteiro, reúne pesquisadores  que se dedicam a realizar estudos e atividades de formação docente na área do ensino da História.  Suas atividades voltam-se para ações acadêmicas e políticas que viabilizem reflexões e produção de conhecimentos sobre o discurso historiográfico escolar em diferentes contextos curriculares, considerando as  especificidades e complexidades dos saberes e práticas no ensino dessa disciplina.

Pesquisadores:

Ana Maria Ferreira da Costa Monteiro (FE/UFRJ) – coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Ensino de História e Formação de Professores – GEHPROF;

Alessandra Nicodemos (FE/UFRJ) -  integra o Laboratório de Investigação, Ensino e Extensão em  Educação de Jovens e Adultos- LIEJA

Amilcar Araujo Pereira  (FE/UFRJ)

Carmen Teresa Gabriel Le Ravallec (FE/UFRJ)  – coordenadora do Grupo de Estudos Currículo, Cultura e Ensino de História – GECCEH/UFRJ

Cínthia Araújo Monteiro (FE/UFRJ) – coordenadora do Grupo de Estudos  Diferir. Diferenças e Interculturalidade no Ensino de História. DIFERIR

Fernando de Araujo Penna (FE/UFF)- coordenador do Laboratório de Ensino de História- LEH

Giovana Xavier (FE/UFRJ) – coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Intelectuais Negras -GINUFRJ

Monica Lima (IH/UFRJ) – coordenadora do Laboratório de Estudos Africanos – LeÁfrica

Nadia Gaiofatto Gonçalves ( FE/UFPR)

Warley da Costa (FE/UFRJ) – coordenadora do Grupo de Estudos Currículo, Cultura, Identidade/Diferença – GECCID

Grupo de Estudos Currículo, Cultura e Ensino de História (GECCEH)

Coordenadora: Carmen Teresa GABRIEL
Professora titular UFRJ, Pesquisadora CNPq

O Grupo de Estudo em Currículo, Cultura e Ensino de História/UFRJ reúne pesquisadores e professores da UFRJ e da educação básica, doutorandos, mestrandos do PPGE/UFRJ e alunos de graduação. Integra o Núcleo de Estudos de Currículo da UFRJ desenvolvendo estudos que tem como foco a abordagem discursiva da interface conhecimento, sujeito e poder em diferentes contextos de formação, em particular na área de História.

Atualmente estão em curso dois projetos de pesquisa com apoio de agências  de financiamento âmbito do GECCEH: Currículo como Espaço autobiográfico: conhecimento, sujeitos e demandas com apoio do CNPq (Bolsista de produtividade 2016-2019) e Narrativas do Estado do Rio de Janeiro nas aulas de História: um estudo a partir de diferentes vozescom apoio da FAPERJ ( Edital Emergentes 2014-2016)

Participantes:

Docentes da UFRJ:
Warley da Costa;
Cinthia Monteiro de Araújo;
Ana Angelita Rocha;
Marcella Albaine Farias da Costa (professora substituta da UFRJ, doutoranda PPGe/UNIRIO)

Professora da Educação Básica:
Natalia Rodrigues Mendes (Mestre em Antropologia);

Doutorandos/as(todos professores da Educação Básica):
Vitor Andrade Barcellos
Diego Bruno Velasco
Marcus Leonardo Bomfim Martins
Karine de Oliveira Bloomfield Fernandes
Luciene Maciel Stumbo Moraes
Erika Frazão

Mestrandos:
Bruna Nunes de Senna Dias

Graduandos (PIBIC):
Hellen Winin Silva Gomes
Isabella Cavallo da Silva

Projetos em curso (além do Narrativas do Estado do Rio de Janeiro nas aulas de História: um estudo a partir de diferentes vozes)

2016 – Atual

Currículo como espaço biográfico: conhecimento, sujeitos e demandas

Descrição: O atual projeto se insere em um movimento de desdobramentos entrecruzados que traduzem continuidades e ampliação de meus estudos no campo do currículo e tem como objetivo investigar os currículos escolares/ acadêmicos – entendidos como espaços-tempos de estruturação discursiva de uma ordem social desigual – tendo como foco as articulações entre os processos de produção do conhecimento reelaborado como objeto de ensino- aprendizagem e os processos de subjetivação docente e discente mobilizados em contextos de formação. A partir da análise de diferentes textos curriculares, em particular na área de História,  focaliza os processos de significação/identificação que institui, regula e desestabiliza os indivíduos como sujeitos de conhecimento – professores e estudantes – tanto da educação básica como do ensino superior em meio às relações estabelecidas com o conhecimento disciplinarizado.

Participantes: Pesquisadores colaboradores (5); alunos de Graduação (2) Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (6) . Miriam Soares Leite / Warley da Costa Cinthia Monteiro de Araújo / Marcella Christophe Niewiadomski ; Marcela Albaine Farias da Costa; Vitor Andrade Barcellos; Diego Bruno Velasco; Marcus Leonardo Bomfim Martins; Karine de Oliveira Bloomfield Fernandes; Erika Frazão; Luciene Maciel Stumbo Moraes ; Bruna Nunes de Senna Dias ; Hellen Winin Silva Gomes; Isabella Cavallo da Silva Natalia Rodrigues Mendes

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa.

Grupo de Estudos e Pesquisas em Ensino de História e Formação de Professores –(GEHPROF)

Coordenadora: Ana Maria Ferreira da Costa MONTEIRO

Professora associada UFRJ, PesquisadoraCNPq

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Ensino de História e Formação de Professores (GEHPROF), coordenado pela Professora Doutora Ana Maria Monteiro, integra o Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino de História – LEPEH. Reúne professores da educação básica e superior, doutorandos  e mestrandos do PPGE/UFRJ e estudantes de graduação. Desenvolve  pesquisas  no campo do currículo e da formação de professores, abordando a docência na interface com a produção do  conhecimento escolar, em diferentes contextos curriculares e temporalidades, em especial na área do ensino de  História.

 Atualmente estão em andamento dois projetos de pesquisa com financiamento de agências públicas de fomento:Tempo presente e ensino de história: historiografia, cultura e didática em diferentes contextos curricularescom apoio do CNPq ( Bolsista de produtividade (2014-2017e  duas bolsas PIBIC); e Narrativas do Estado do Rio de Janeiro nas aulas de História: um estudo a partir de diferentes vozes, com apoio da FAPERJ ( Edital Emergentes 2014- ….).

Participantes:

Docentes de educação superior:
Leila Lopes de Medeiros (UNIRIO)( Doutora em Educação)
Mariada Conceição MaggionePoppe ( UCAM) ( Doutora em Educação)
Nadia Gaiofatto Gonçalves (UFPR) ( Doutora em Educação)

Docentes da educação básica:
Luciana BorgerthVial Correa – (SME RIO) Mestre em Educação
Viviane Grace Costa (SEEDUC/RIO) Especialista em História/UFRJ 

Doutorando/as:
Adriana Soares Ralejo
Mariana de Oliveira Amorim
Paulo Raphael Siqueira Bitencourt
Yara CristinaAlvim

Mestrandos/as:
Anna Paula Campos da Silva
Camila Barbalho
Lorelay Pereira Brandão
Luciana de Rezendes Ferreira da Silva

Graduandos/as:
Cauã Wiggberto Parreira Pedrosa (PIBIC)
Pamela Dias Mendes Viana (PIBIC)
Amanda Reis dos Santos
ThaysMerollaPiubel

Projetos em curso (além do Narrativas do Estado do Rio de Janeiro nas aulas de História: um estudo a partir de diferentes vozes)

2014 – 2017

Tempo presente e ensino de História: historiografia, cultura e didática em diferentes contextos curriculares.

Descrição: Neste projeto de pesquisa focalizamos os saberes/práticas criados e mobilizados no fazer curricular de história, considerando as articulações e hibridizações entre historiografia, cultura, didática e questões do tempo presente para a produção de saberes/práticas no contexto das aulas da educação básica, da formação de professores, de livros didáticos, de espaços museológicos e da educação a distância. A focalização nos saberes/práticas será realizada em perspectiva que busca superar dicotomias entre prescrição e realização, entre currículo proposto e vivido, entre conhecimento cotidiano e escolar. Para isso, trabalharemos com perspectiva teórica que compreende o currículo como arena cultural, ‘espaço-tempo de fronteira’. A produção de saberes e práticas será analisada enquanto expressão de embates entre sentidos atribuídos por docentes e estudantes aos saberes ensinados em diferentes contextos curriculares. Os processos de didatização serão investigados em perspectiva que busca compreendê-los enquanto práticas discursivas através das quais significados são afirmados, questionados, negociados e fixados, constituídos e constituintes pela /da cultura e através de nexos estabelecidos entre presente e passado nos processos de significação. Assim, a noção de narrativa histórica (Hartog, Ricoeur, Dosse, Koselleck)) constitutiva do discurso historiográfico, mediadora entre a História (vivida) e a produção de um saber para a construção de sentido do mundo – articulada com as contribuições da epistemologia escolar/didática (Moreira, Candau, Gabriel) e da cultura, é utilizada para investigar processos de ressignificação de saberes e concepções do/ no /sobre o cotidiano no presente em sua relação com o passado, na escola e em outros espaços de mediação cultural. A pesquisaqualitativa utiliza metodologia que inclui observação, registro e análise de aulas de professores de história marcantes para seus alunos, articulada com entrevistas semi-estruturadas, realizadas antes e depois da observação das  aulas, nas quais  serão investigadas  a trajetória profissional dos professores e as suas explicações sobre os saberes mobilizados  para a realização das aulas nos contextos  escolares e/ou outros nos quais a  pesquisa seja realizada.

Participantes:

Professores colaboradores (4), doutorandos(4),mestrandos (4) e graduandos (4)

Maria da Conceição MaggionePoppe,NadiaGaiofatto Gonçalves, LucianaBorgerthVial Correa, Viviane Grace Costa ; Adriana Soares Ralejo, Mariana de Oliveira Amorim, Paulo Raphael Siqueira Bitencourt,  Yara  Cristina Alvim; Anna Paula  Campos da Silva,Camila Barbalho,  Lorelay Pereira Brandão Luciana de Rezendes Ferreira da Silva; Cauã  Wiggberto Parreira Pedrosa (PIBIC), Pamela Dias Mendes Viana ( PIBIC), Amanda Reis dos Santos, Thays Merolla Piubel.

Financiador:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq (Bolsa)

Laboratório de Estudos Africanos (LEÁFRICA)

O Laboratório de Estudos Africanos – LEÁFRICA constitui um espaço acadêmico, situado no Instituto de História da UFRJ, dedicado ao ensino, pesquisa e atividades de extensão sobre temas relacionados às sociedades africanas, em sua história e nas diversas expressões de sua cultura. Pretende, ainda, contribuir para as discussões sobre as formas como esses mesmos temas vem sendo pensados no ensino de História na Educação Básica bem como nas universidades e instituições acadêmicas no Brasil, a partir de diferentes campos de estudo. A perspectiva do laboratório permite trabalhos interdisciplinares, ampliando as possibilidades de diálogo e de abordagens, considerando a amplitude dos assuntos que possam vir a ser objeto de interesse dos seus participantes. Em sua proposta, pretende congregar inicialmente professores e pesquisadores dedicados aos estudos de História da África, Ensino de História da África, Literaturas Africanas e Antropologia das sociedades africanas.

Coordenadora: Monica Lima e Souza

Participantes:
Claudio Pinheiro – Instituto de História da UFRJ
Murilo Sebe Bom Meihy – Instituto de História da UFRJ
Regina Bustamante – Instituto de História da UFRJ
Silvio de Almeida Carvalho Filho – Instituto de História da UFRJ/ ProfHistoria

Docentes da Educação Básica:
Luciana Lucia Silva
Marilda Flores
Patrick Antunes Menezes

Doutoranda:
Paola Vargas – PPGHIS/UFRJ

Mestrandas/os:
Aline Barbosa Pereira Mariano – PPGHIS/UFRJ
Jacques Ferreira Pinto – PPGHIS/UFRJ

Graduandos/as:
Fernando Lima – IH/UFRJ
Gabriela Montoni – IH/UFRJ
João Alberto Jacomelli – IH/UFRJ
Jorge Maia – IH/UFRJ
Ramon Silva – IH/UFRJ
Simone Oliveira – IH/UFRJ
Stephane Costa – IH/UFRJ
Tainá Gamelheiro – IH/UFRJ

Projetos em curso (além do Narrativas do Estado do Rio de Janeiro nas aulas de História: um estudo a partir de diferentes vozes)

Ensino de história do tráfico atlântico de africanos escravizados

O projeto, inserido na linha de pesquisa sobre ensino de história da África e dos africanos na diáspora, tem como objetivo diagnosticar e discutir as formas pelas quais a história do tráfico atlântico de africanos escravizados vem sendo tratada nas aulas de História na Educação Básica.  De que forma um tem a como esse, considerado internacionalmente como um crime contra a humanidade, que faz parte dos conteúdos obrigatórios no ensino de História e que está presente na história inscrita no patrimônio material e imaterial brasileiro, pode ser pensado como objeto de estudo considerando seu tratamento nas salas de aulas? Como trabalhar com essa história de caráter sensível, lidando com o peso do passado e suas consequências contemporâneas, sem transformar os sujeitos históricos em meros objetos de submissão e violência e ao mesmo tempo sem idealizar nem desconsiderar seu lugar de vítima? Como imprimir outro(s) significado(s) a essa situação de vítima no ensino de História?

Coordenador: Monica Lima e Souza

Integrantes: Patrick Antunes Menezes

Laboratório de Investigação, Ensino e Extensão em Educação de Jovens e  Adultos (LIEJA)

O Laboratório de Investigação, Ensino e Extensão em Educação de Jovens e Adultos (LIEJA-UFRJ) constitui-se em um espaço intra e interinstitucional de ações voltadas à área da Educação de Jovens e Adultos. Fundado em abril de 2010, suas atividades são marcadas por ações de cunho acadêmico e político que se traduzem nos seguintes objetivos:

  1. Sistematizar e produzir conhecimento científico em EJA a partir das atividades de ensino, pesquisa e extensão;
  2. Elaborar subsídios teórico-metodológicos visando à formação de professores de EJA comprometidos com projetos emancipatórios de sociedade, nos quais o compromisso com a Educação Básica e a escola pública tenha relevância;
  3. Aprofundar e ampliar a relação teoria e prática por meio da reflexão e da integração das atividades de ensino e pesquisa à extensão;
  4. Articular pesquisadores, professores e alunos de graduação e pós-graduação, internos e externos à UFRJ, que produzam conhecimento científico na área;
  5. Promover e participar de eventos científicos na área, divulgando a produção teórica e empírica;
  6. Articular uma rede de escolas públicas em EJA, por meio do desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

INTEGRANTES

Coordenador: Professor Dr. Enio Serra – Faculdade de Educação – UFRJ

Pesquisadores Associados:

Professora Drª Alessandra Nicodemos – Faculdade de Educação – UFRJ

Professora Drª Ana Paula Moura – Faculdade de Educação – UFRJ

Professora Drª Jaqueline Ventura – Faculdade de Educação – UFF

Professora Drª Mariana Cassab – Faculdade de Educação – UFJF

Professora Drª Marta Souza – Faculdade de Educação – UFRJ

Bolsista: Ana Lídia Charles – Licencianda do Instituto de História – UFRJ

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

  1. EXTENSÃO
  1. OS SENTIDOS DE VIVER A CIDADE: O RIO DE JANEIRO COMO ESPAÇO VIVIDO DOS TRABALHADORES, coordenado pelo professor Dr° Ênio Serra e professora Drª Alessandra Nicodemos (Faculdade de Educação/UFRJ).

Esse projeto se estrutura com o princípio de reconhecer o protagonismo dos trabalhadores na construção da cidade e busca possibilitar aos alunos jovens e adultos a produção e o registro de suas percepções sobre o espaço, geograficamente e historicamente, vivido em seu cotidiano escolar no Centro do Rio de Janeiro. Assim, serão feitos levantamentos e análises sobre as experiências socioespaciais dos alunos do CREJA no Centro da cidade, sendo estes depoimentos a base a partir da qual serão definidos, com todos os envolvidos, o roteiro, os temas e as atividades a serem desenvolvidas nas atividades de campo. Pretende-se, dessa forma, problematizar com os alunos trabalhadores as noções de direito à cidade, política urbana, sujeitos históricos, patrimônio histórico e segregação socioespacial. A principal atividade de extensão, desse projeto, se configura na realização de uma série de trabalhos de campo pelo Centro da cidade do Rio de Janeiro, elaborados e executados pelos professores coordenadores, bem como por estudantes do curso de Licenciatura em Geografia e História.

  1. PROGRAMA INTEGRADO DA UFRJ PARA A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, coordenado pela professora Drª Ana Paula Moura (Faculdade de Educação/UFRJ).
  1. PESQUISA
  1. PRÁTICA DOCENTE E ENSINO DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, coordenada pelo professor Dr.° Ênio Serra e professora Drª Alessandra Nicodemos, (Faculdade de Educação/UFRJ).

 

O presente projeto de pesquisa tem como objeto de estudo a prática docente na EJA, mais especificamente a prática pedagógica de professores de geografia e de história que atuam em cursos de EJA. O problema que o caracteriza diz respeito às opções teórico-metodológicas destes docentes no que se refere ao trabalho pedagógico com o público jovem e adulto trabalhador, desde o repertório de temas privilegiados à abordagem dos conteúdos das aulas. Assim, tomando como hipótese o fato de que poucos ou nenhum desses profissionais tiveram a EJA como objeto de estudo em seus cursos de formação inicial ou mesmo de formação continuada, chega-se à seguinte questão problematizadora: que características marcam a prática docente no que se refere às bases e critérios utilizados para a seleção, organização e tratamento dos conteúdos escolares de história e de geografia no contexto da EJA? Nessa perspectiva, como campo de investigação da prática docente na EJA, pretende-se pesquisar a atuação de professores das disciplinas apontadas no âmbito do Programa Nova EJA, política de Ensino Médio implementada, em 2013, pela Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro (SEEDUC).

  1. A CONSTRUÇÃO DA ESCRITA DE ALUNOS JOVENS E ADULTOS,coordenada pela professora Drª Ana Paula Moura (Faculdade de Educação/UFRJ).
  1. A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS DE NÍVEL MÉDIO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: OFERTA E CARACTERÍSTICAS, coordenada pela professora Drª Jaqueline Pereira Ventura (Faculdade de Educação/UFF).
  1. O ENSINO DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA LEITURA CURRICULAR e A CONSTRUÇÃO SOCIAL DOS CURRÍCULOS DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: SABERES E FAZERES DOCENTES,coordenada pela professora Dra Mariana Cassab (Faculdade de Educação/UFJF).

O TRABALHO ALFABETIZADOR COM JOVENS E ADULTOS EM PERSPECTIVA DISCURSIVA: PRINCÍPIOS, ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS E DIDÁTICOS coordenada pela professora DraMarta Souza (Faculdade de Educação/UFRJ)

Laboratório de Ensino de História (LEH) – EM CONSTRUÇÃO

Laboratório de Ensino de História/UFF – EM CONSTRUÇÃO